quinta-feira, 16 de maio de 2013

2. Google Chrome no Debian

Este artigo foi extraído do blog Debian Maníaco, quem não conhece fica a dica. É muito bom! Eu apenas mudei o repositório, porque o fornecido pelo Debian Maníaco tava quebrado.

Quem se lembra, no artigo anterior ensinamos a fazer uma instalação mínima do Debian 7 (Wheezy) através do CD netinst. Agora precisamos de um navegador nele. Escolhi o Google Chrome porque é o que tem o melhor desempenho de todos. Embora eu prefira o Firefox.

Instalando o Google Chrome

Existem duas formas de instalar o Google Chrome, através do repositório da Google ou fazendo o download diretamente do site do Chrome. A melhor forma seria a primeira, já que é mais prática, segura e permite um melhor gerenciamento através do apt-get. Entretanto, a Google demora a repor as versões desse repositório e, quase sempre, as versões estão sempre atrasadas em relação à que é disponibilizada no site. São três as versões no repositório: beta, stable e unstable. Pra você ter uma ideia, a versão corrente do Chrome é a 12, enquanto que as versões no repositório, respectivamente, são: 7.0.517, 8.0.552 e 9.0.576. Você decide qual a melhor versão pra você se decidir instalar pelo repositório.

Para adicionar o repositório da Google, abra seu editor de texto favorito e adicione a seguinte linha ao arquivo /etc/apt/sources.list:

$ deb http://dl.google.com/linux/deb/ stable main

Depois adicione a chave gpg ao apt com:

$ wget -q -0 - https://dl-ssl.google.com/linux/linux_signing_key.pub | sudo apt-key add -

Agora é só atualizar a lista de pacotes e instalar:

$ sudo aptitude update
$ sudo aptitude install google-chrome-stable

Já para instalar pelo site da Google, basta ir no link, escolher a versão correta para o seu sistema, esperar o download e instalar com o comando:

$ sudo dpkg -i google-chrome-stable_current_i386.deb

Nenhum comentário:

Postar um comentário